Envelhecimento

Envelhecimento e criatividade

O que será que acontece com a nossa criatividade quando envelhecemos? Sabemos que ocorrem muitas transformações a nível fisiológico e funcional em pessoas idosas, mas como se comporta a capacidade criativa?

É importante recordarmos que existem muitos fatores que interferem na capacidade do indivíduo de criar. Os aspectos individuais, o meio em que vive, as interações sociais, a ocupação e as habilidades cognitivas são exemplos desses fatores. Com o envelhecimento observamos muitas mudanças na vida da pessoa, como: a aposentadoria, a diminuição do convívio social ou a ruptura de atividades que faziam parte da rotina.

A redução na realização de atividades com interação social influencia diretamente na criatividade do idoso. Portanto, é essencial um olhar sobre o envelhecimento que permita novas experiências, descobertas e aprendizados. Estimular a participação social de idosos em grupos de memória, oficinas de artes, atividades acadêmicas e de lazer, irá permitir explorar sua criatividade e promover qualidade de vida.

Entretanto, não se deve esquecer que cada idoso é único e tem suas preferências e personalidade. As atividades por ele realizadas precisam ser prazerosas e lhe causar bem-estar. É importante preservar e estimular a autonomia do idoso na escolha das estratégias de potencialização de sua criatividade.