Cognição

Você sabe o que é cognição?

Para desempenhar suas atividades no dia a dia você utiliza diferentes funções cerebrais que incluem: memória; atenção/concentração; percepção visual e espacial; planejamento, análise e desenvolvimento de ações. Todas elas podem ser caracterizadas como habilidades cognitivas e, portanto, fazem parte do que denominamos por cognição.

Diferentes olhares podem ser direcionados para elaborar um conceito de cognição. Dentre eles, uma abordagem que abrange a cognição como um aspecto da psique (consciente e inconsciente) que nos permite interagir com o mundo (DE ALMEIDA; SEMINÉRIO, 2005). Em uma outra concepção, é delimitada como um sistema complexo com diferentes partes integradas que nos possibilitam aplicar nossos conhecimentos adquiridos nas atividades cotidianas (BUNGE; CRONE, 2009).

O fato é que precisamos explorar e estimular essas habilidades para que possamos desempenhar nossos papéis ocupacionais com mais qualidade tanto no âmbito individual, familiar (avô/avó, mãe/pai, filha(o), neta(o), tia(o)…), quanto socialmente (estudante, trabalhador, aposentada(o)…). O terapeuta ocupacional se apresenta como profissão capacitada para atuar na manutenção, desenvolvimento ou estimulação das habilidades cognitivas da pessoa em qualquer fase da vida.

Fonte: DE ALMEIDA, N.F; SEMINÉRIO, F. L. P. Cognição e emoção: a importância do imaginário para a metacognição e a educação. In: LIBÃNEO, J.C; SANTOS, A. Educação na era do conhecimento em rede e transdisciplinaridade. Campinas, SP: editora Alínea, 2005.

Fonte: BUNGE, Silvia A; CRONE, Eveline A. Neural correlates of the development of cognitive control. Neuroscience Research. January. 2009. 37p.